Blog de Treinamento e Desenvolvimento Organizacionais

Like this blog?

Subscribe to get more articles.

Saiba como criar e implementar valores corporativos relevantes de verdade

Por Dave Root em 14 de Dezembro de 2018

3 Steps to Creating and Implementing Company Values That Are Truly ValuableCriar um conjunto de valores para a empresa é apenas o começo. Afinal de contas, o que realmente importa é implementar e garantir que seus valores estejam realmente causando um impacto perceptível. Os valores apenas se tornam significativos de verdade quando saem do papel — ou da parede da empresa — e são vividos todos os dias por todos os colaboradores da organização. Veja a seguir os três componentes necessários para criar e implementar um conjunto de valores capazes de motivar líderes, colaboradores e até mesmo seus clientes. 

1. Seja autêntico. 

Seus valores devem estar enraizados no passado e no presente da empresa. Apesar de parecer óbvio, muitas organizações se perdem nessa parte — elas se concentram apenas em que tipo de empresa querem ser, em vez de considerar quais valores a companhia já incorporou. 

Tudo bem — e é até uma boa ideia — almejar valores, mas seus valores principais deveriam se basear nos pontos fortes que sua empresa já apresenta. Resumindo, seus valores devem ser fiéis à realidade da organização. Se você tentar implementar valores que contrariam certos aspectos positivos da sua empresa, todos saberão que algo estranho está acontecendo — incluindo colaboradores, clientes e até possíveis futuros colaboradores. Por exemplo, digamos que sua empresa trabalhe com produtos feitos à mão, criados para serem passados de geração a geração — verdadeiras relíquias. Introduzir um valor como “inovação” confundirá seus colaboradores e pode afastar os clientes, pois eles valorizam sua empresa por um motivo oposto. 

 

Saiba como liderar uma transformação da cultura na sua empresa com este guia.

 

Ser autêntico quando se trata dos valores da sua empresa também ajuda você a se destacar de seus concorrentes. Em vez de adotar valores corporativos que aparecem em quase todas as páginas “Quem Somos” por aí, mantenha-se fiel aos valores que são verdadeiros para você, independentemente do que os concorrentes estiverem fazendo. Dessa maneira, seus principais valores podem servir como diferenciais competitivos.

2. Crie e siga processos. 

Desenvolver valores fortes não é algo que acontece da noite para o dia — e nem deveria ser! Se estiver criando ou redefinindo os valores da sua empresa, considere este processo para identificar, melhorar e introduzir valores que realmente farão a diferença. 

Comece pelo topo. 

É preciso ter visão para desenvolver valores que levarão a empresa adiante e, ao mesmo tempo, manter-se fiel às suas raízes. Por isso o processo de criação de valores deve ficar a cargo da equipe de liderança. A criação de valores corporativos é uma iniciativa estratégica, porque os valores da sua empresa continuarão a determinar como a organização opera em todos os níveis. Esse é o motivo por que os decisores estratégicos devem liderar esse processo. 

Reserve um tempo para refletir. 

Não espere discutir sobre seus valores em uma única reunião. Desenvolver valores coerentes para sua organização e sua visão exigirá certa reflexão, principalmente se você quiser ir além dos valores corporativos padrão. Portanto, é essencial para o processo agendar reuniões com sua equipe de liderança por vários meses para definir bem os valores da sua empresa. 

Expresse seus valores. 

Uma vez que sua equipe de liderança decidiu os valores da empresa, é hora de divulgá-los — e esse não é um aspecto do processo que devia ser deixado apenas para o RH. Os colaboradores assumem a liderança como modelo de comportamento, por isso garanta que seus executivos estejam expressando — e incorporando mesmo — a importância dos novos valores em todas as oportunidades. Para os valores realmente serem adotados, a liderança precisa viver o que prega. 

3. Integre seus valores em todos os aspectos de sua empresa. 

Conforme você escreve seus valores, é importante pensar sobre a praticidade deles. Como seus valores serão integrados às políticas e aos procedimentos da empresa? Durante o processo de recrutamento e seleção, por exemplo, você pode ter o respaldo da equipe do RH para avaliar não apenas as habilidades, mas também a aderência do candidato aos valores. Também haverá reflexos nos resultados. O custo de contratar alguém sem se preocupar com a questão cultural varia de 50% a 60% do salário anual da vaga (devido à rotatividade), de acordo com a Society for Human Resource Management (Sociedade para Gestão de Recursos Humanos). A adoção dos valores deve se tornar uma meta que os colaboradores atuais também devem alcançar. Estimule os gestores a conduzirem conversas focadas nos valores durante as avaliações de desempenho. 

Os valores da sua empresa devem permear todos os aspectos do dia a dia da sua organização. Por exemplo: se você decidiu que customer centricity é um valor central na sua empresa, os colaboradores devem pensar no cliente enquanto realizam seu trabalho — estejam eles tratando diretamente com o cliente ou não. Você consegue o máximo dos seus “valores” quando eles são usados como referência pelos colaboradores todos os dias. 

Você acredita que seus colaboradores podem identificar os valores atuais da sua empresa? Caso a resposta seja negativa, por que você acha que há um distanciamento entre o que é “oficial” e o que os colaboradores pensam?

guia-transformacao-da-cultura

Lorem Ipsum

more information

Get Your Guide

0 Comentários Seja o primeiro a comentar!