Blog de Treinamento e Desenvolvimento Organizacionais

Like this blog?

Subscribe to get more articles.

Como os millennials ajudarão a liderar o plano de transformação organizacional

Por Dave Root em 12 de Setembro de 2019

Os millennials já são uma grande parcela da população ativa de hoje. De acordo com o Pew Research, mais de um entre três colaboradores eram da geração Y em 2015. À medida que esses números aumentam e elas ganham mais experiência, as pessoas da geração Y assumirão um papel mais importante na liderança da empresa e, principalmente, nos esforços de transformação organizacional. As preferências delas por colaboração e aprendizagem contínua, por exemplo, terão um impacto cada vez maior no modo como os indivíduos lidam com a mudança. Veja cinco maneiras em que as pessoas da geração Y ajudarão a liderar os esforços de transformação organizacional daqui para frente.

1. Soluções digitais

As pessoas dessa geração foram as primeiras que tiveram acesso à tecnologia digital durante a maior parte de sua vida. Por isso, elas se sentem confortáveis para encontrar soluções digitais para os desafios de transformação organizacional. Além de comunicação e coaching presencial, elas estarão aptas a usar ferramentas digitais para enviar e enfatizar as mensagens importantes da empresa, com o objetivo de motivar os colaboradores durante a mudança. Além disso, as pessoas da geração Y também podem se sentir mais confortáveis usando métodos digitais para criar uma abertura para feedback bidirecional, que mantém os colaboradores informados e envolvidos nas iniciativas de transformação.

2. Colaboração

Talvez por conta da disponibilidade “contínua” da interação social digital, pessoas da geração Y preferem envolver outros indivíduos na tomada de decisão e gostam de trabalhar em grupo. Um estudo sobre millennials no ambiente de trabalho descobriu que 88% preferem uma cultura colaborativa, em vez de competitiva, na empresa. Como resultado, os millennials em posições de liderança incentivarão as transformações organizacionais que priorizam a discussão e o compartilhamento de informações em equipe. Por conta da importância da colaboração para inovação e crescimento estratégico, a tendência natural de colaborar dos millennials apoiará o desenvolvimento de uma cultura que aceita a mudança.


Descubra como melhorar o trabalho em equipe e sustentar o sucesso  organizacional com oGuia para formação de equipes colaborativas.


3. Aprendizagem contínua e desenvolvimento

De acordo com a Pesquisa sobre Millennials 2018 da Deloitte, oito em entre dez millennials disseram que o treinamento no trabalho, o desenvolvimento profissional contínuo e o treinamento formal organizado pelos empregadores foram importantes para ajudá-los a ter o melhor desempenho no trabalho. Por valorizarem a aprendizagem e o desenvolvimento, quando forem líderes, as pessoas da geração Y provavelmente irão considerar o treinamento uma fonte essencial de apoio para os colaboradores que precisam de ajuda para se adaptar às mudanças da empresa. Treinamento de desenvolvimento de habilidades e desenvolvimento de liderança podem oferecer aos colaboradores um conhecimento útil em áreas que são fundamentais para o sucesso da transformação organizacional, incluindo comunicação, melhoria de processos e trabalho em equipe.

4. Comunicação frequente e feedback

Comunicação frequente e aberta durante a mudança é um dos requisitos fundamentais para o sucesso da transformação organizacional. Os millennials, que geralmente conseguem manter uma comunicação frequente e dar feedback, têm sucesso ao liderar os esforços de mudança organizacional ao aproveitar várias oportunidades para comunicar a visão da empresa e maneiras de apoiar a mudança desejada. Além disso, devido ao uso constante da comunicação digital, as pessoas da geração Y lideram a mudança com ferramentas digitais, como redes sociais internas e intranet da empresa para comunicar a importância dos esforços de mudança.

5. Liderança transformacional

Algumas vezes, os millennials ganham uma má reputação e são até mesmo acusados de serem desrespeitosos, já que podem aparentar uma rejeição pela gestão tradicional. Muito pelo contrário, as pessoas da geração Y consideram a liderança como uma função que capacita os outros, em vez de apenas gerenciá-los. Em uma pesquisa sobre millennials da Workplace Trends, 91% afirmaram que desejam assumir uma posição de liderança, e desses, 63% gostariam de ser líderes transformacionais que inspiram os outros com um senso de propósito e entusiasmo. Consequentemente, é provável que as pessoas da geração Y irão liderar a transformação organizacional de uma forma que depende da parceria com os colaboradores para gerar a mudança, em vez de um esforço evidente para convencer ou motivar os colaboradores a mudar de comportamento.

A transformação organizacional não é uma tarefa pequena. É preciso ter líderes capazes, que conseguem empregar com sucesso uma série de estratégias para influenciar o comportamento de cada pessoa. A preferência dos millennials por soluções digitais, colaboração e liderança transformacional faz com que eles sejam particularmente adequados para liderar os esforços de transformação organizacional no futuro.

 

New call-to-action

Lorem Ipsum

more information

Get Your Guide

0 Comentários Seja o primeiro a comentar!