Blog de Treinamento e Desenvolvimento Organizacionais

Like this blog?

Subscribe to get more articles.

7 maneiras de melhorar o trabalho em equipe

Por Sue Wigston em 22 de Junho de 2021

Logo de cara, você consegue pensar em alguns casos nos quais as equipes não alcançaram os objetivos. Perder prazos e não atingir objetivos são apenas os problemas mais comuns que surgem quando as equipes não trabalham bem. Mesmo quando os esforços de uma equipe levam a resultados aparentemente bons, há sempre muitas oportunidades perdidas devido a problemas como:

  • Nem toda voz foi ouvida na equipe.
  • Obstáculos na comunicação atrapalharam o sucesso de boas ideias.
  • Os subgrupos foram em uma direção que não apoiava os objetivos da equipe.
  • A equipe enfraqueceu porque não havia um esforço unido e consistente.

Se qualquer um desses problemas soa familiar, pode ser hora de melhorar o trabalho em equipe. O trabalho em equipe eficaz não acontece da noite para o dia. Isso exige esforço, planejamento e compreensão total do que realmente é trabalho em equipe.

Abaixo, seguem os princípios das Sete Pedras Fundamentais para melhorar o trabalho em equipe na sua organização, juntamente com links para alguns recursos que ajudarão você a aprender mais sobre esses elementos.

 

1. Entenda a importância da liderança

Toda equipe precisa de um líder para incentivar a accountability, ser modelo de empoderamento, facilitar a tomada de decisões e manter a energia alta. Entretanto, o líder adequado nem sempre é a pessoa que você espera logo de início.

“Os líderes de equipes geralmente são as pessoas com maior conhecimento sobre o projeto — o que significa que talvez essas pessoas não tenham experiência no papel de liderança. Talvez o líder nem seja a pessoa que seria chamada de “sênior” no grupo. Por isso, é tão importante realizar exercícios para suas habilidades de liderança como forma de estímulo ao trabalho em equipe nas empresas.”

— Trabalho em equipe: A importância da liderança

O papel de um líder de equipe vai além da conduzir reuniões e ordenar ações. O líder precisa ser modelo dos comportamentos esperados e precisa entender como aproveitar os pontos fortes das pessoas para alcançar os objetivos traçados.  

 

2. Crie foco unânime em um objetivo comum

Quando as equipes estão distraídas e se desviam dos objetivos definidos, o projeto levará mais tempo, ou pior, nunca será totalmente alcançado.   

“Mesmo quando as equipes trabalham em um projeto simples, os membros da equipe devem enxergar como sendo seu projeto pessoal. Entretanto, para esse projeto ser o melhor possível, todas as pessoas envolvidas devem partilhar um objetivo comum.”

— Trabalho em equipe: Foco unânime em um objetivo comum

Não é incomum os colaboradores serem levados para várias direções. Eles possuem tarefas diárias que precisam ser completadas, projetos de longo prazo que precisam avançar e objetivos da área que precisam manter em mente. Repetir e explicar com clareza o objetivo comum da equipe pode ajudar o grupo a manter o foco, principalmente entre uma reunião e outra.

Faça o download do Guia de Teambuilding por meio da Aprendizagem Experiencial e  comece a melhorar hoje mesmo a dinâmica de suas equipes.

 

3. Estabeleça subgrupos com papéis claramente definidos

Quando uma equipe encara um grande desafio, é uma boa prática a criação de grupos menores, ou subgrupos, no projeto para tratar de tarefas mais específicas que colaboram com o objetivo geral.

“O objetivo de um subgrupo também tem uma atenção maior do que o objetivo da equipe geral. Isso significa que não é necessário acionar demais as pessoas com cargos mais altos, que estão mais interessadas na ‘visão geral’. Em vez disso, os membros do subgrupo com conhecimento especializado conduzirão o subgrupo em direção ao objetivo.”

— Trabalho em equipe: Subgrupos com papéis claramente definidos

Subgrupos devem funcionar como pequenas equipes, utilizando todas as sete pedras fundamentais em suas próprias tarefas. Cada subgrupo precisa do próprio líder, de um foco unânime em um objetivo comum e assim por diante. Esses subgrupos precisam também estar subordinados à equipe maior, sempre apoiando o objetivo geral.

 

4. Recorra aos recursos compartilhados

Muitas pessoas consideram apenas recursos físicos — dinheiro, equipamentos, tecnologia, etc. — quando pensam em recursos que são compartilhados com a equipe. Entretanto, recursos intangíveis podem ter a mesma importância quando for listar os seus recursos compartilhados.

“Recursos intangíveis não parecem elementos a serem compartilhados para garantir o sucesso da equipe, mas pense o que aconteceria se apenas uma pessoa tivesse paixão pelo projeto ou se apenas uma pessoa tentasse superar os obstáculos inevitáveis. Assim como a falta de recursos físicos pode atrapalhar a conclusão de um projeto, o mesmo ocorre com os recursos intangíveis.”

— Trabalho em equipe: recursos compartilhados

Em um ambiente de trabalho no qual os orçamentos são seguidos à risca e a produtividade individual é valorizada, pode ser culturalmente desafiador compartilhar recursos com eficácia, tanto os recursos físicos como os intangíveis. Empresas comprometidas em melhorar o trabalho em equipe podem deixar claro que os membros da equipe têm acesso aos recursos que precisam para poderem conquistar seus objetivos.

 

5. Use comunicação eficaz e frequente

Em uma equipe, todas as pessoas devem poder dizer sempre: “eu sei o que preciso saber” e “eu entendi tudo”. Se essas duas frases não forem verdadeiras, a equipe pode ter graves problemas. O segredo da comunicação em equipe é ser eficaz e frequente.

“Uma comunicação eficaz demanda que todos os membros da equipe saibam o que está acontecendo com a equipe e também compreender realmente o que se passa.”

— Trabalho em equipe: Comunicação eficaz e frequente

A comunicação eficaz em uma equipe exige habilidades corretas e ferramentas corretas. O treinamento contínuo pode ajudar a desenvolver as habilidades necessárias para melhorar o trabalho em equipe, tais como: escuta ativa, feedback e criação de um ambiente no qual as pessoas estejam confortáveis para se expressarem. As ferramentas certas dependerão de cada equipe, mas podem incluir um sistema de gestão de documentos, uma plataforma para troca de mensagens internas ou um sistema para compartilhar e armazenar as observações de reuniões.

 

6. Ofereça esforço consistente, unido e entusiástico

O propósito de criar uma equipe é cumprir um objetivo específico. Isso exige esforço de todos, mas, a menos que esse esforço siga certos critérios, você ficará perdido.

“O esforço consistente, unido e entusiástico deveria ser demonstrado por todos os colaboradores, mas infelizmente esse não é sempre o caso. É por isso que os líderes das equipes devem ser muito claros sobre os níveis de compromisso pessoal e disciplina esperados de cada membro da equipe.”

— Trabalho em equipe: Esforço consistente, unido e entusiástico

Além de explicar a necessidade desse tipo de esforço, os líderes também precisam ser exemplo do comportamento esperado. Se os colaboradores percebem que o líder não assume responsabilidades e compromissos ou fica dando desculpas por resultados abaixo das expectativas, eles acabam concluindo que esse comportamento é aceitável e adotam o mesmo nível de esforço do seu líder.  

 

7. Empregue a supressão periódica e temporária do ego

Nenhuma equipe terá sucesso se for composta por pessoas que “sabem tudo” e são “melhores que as outras”. O sucesso do trabalho em equipe depende de cada um sentir que sua contribuição é importante.

“Basicamente, o princípio do trabalho em equipe relacionado ao ego é assegurar que as agendas individuais não se sobreponham aos objetivos da equipe, inibam a contribuição ou desenvolvimento de outros membros da equipe e criem um ciclo de redução da eficácia da equipe.”

— Trabalho em equipe: Supressão periódica e temporária do ego

Manter os egos sob controle sem os anular exige um equilíbrio muito delicado. Numa equipe, todos precisam administrar conscientemente seu próprio ego e mudar o foco do que é individual para os objetivos da equipe a fim de conquistar o resultado desejado.

Utilize as Sete Pedras Fundamentais

Embora as equipes na sua empresa já dominem alguns elementos dessa lista, é importante entender que essas sete pedras não funcionam sozinhas isoladamente e que devem ser usadas juntas. Recomendamos treinamentos para desenvolvimento de habilidades para aprender como otimizar o uso das sete pedras fundamentais com as equipes da sua organização.

Para descobrir qual sua situação atual, faça uma avaliação sobre o trabalho em equipe na sua empresa para definir quais áreas poderiam melhorar. Nessa hora, é inevitável encontrar algumas lacunas. Ao avaliar, ofereça um treinamento sobre competências para equilibrar todas as sete pedras fundamentais e veja a transformação.

New call-to-action

Lorem Ipsum

more information

Get Your Guide

0 Comentários Seja o primeiro a comentar!