Blog de Treinamento e Desenvolvimento Organizacionais

Like this blog?

Subscribe to get more articles.

6 estratégias de gestão do tempo para profissionais de vendas B2B

Por Dave Root em 20 de Julho de 2021

A gestão do tempo eficaz beneficia todas as pessoas de uma organização. Mais especificamente, os profissionais de vendas que administram seu tempo com eficiência se beneficiam de elementos como: menos estresse, trabalho com melhor qualidade, melhoria da produtividade e metas batidas com mais rapidez. 

Para os profissionais de vendas B2B, melhor produtividade se traduz em mais vendas, e a gestão do tempo eficaz é uma maneira de aumentar a produtividade. Veja agora seis dicas de gestão do tempo que você pode colocar em ação hoje mesmo: 

1. Comece com um planejamento diário 

Faça uma lista de tarefas diária. Pode parecer uma estratégia óbvia, mas muitas pessoas não fazem isso. Toda manhã, ou na tarde do dia anterior, planeje seu dia e siga o plano o máximo que puder. Programe as tarefas nas quais se concentrará ao longo do dia baseando-se na importância e na urgência delas. Quando possível, crie espaços na agenda para cada tarefa para você ficar focado sem interrupções pelo tempo necessário.  

2. Defina prioridades

Identifique as maiores prioridades para aquele dia e não se deixe distrair com tarefas menos importantes até que essas prioridades sejam concluídas. Escreva as tarefas que precisam ser realizadas e aquelas que você gostaria de realizar. Comece com as mais importantes e trabalhe primeiro naquelas mais urgentes. Para vendas B2B, isso inclui gestão da carteira, foco nos decisores e definição de quais leads têm mais chances de conversão.

Baixe o “Guia de Teambuilding por meio da Aprendizagem Experiencial”  e melhore hoje mesmo a dinâmica de sua equipe »

3. Faça intervalos com frequência  

Um estudo mostrou que 10% dos colaboradores com melhor performance apresentavam uma tendência de trabalhar 52 minutos seguidos e fazer um intervalo de 17 minutos. Essa programação pode até não servir para você, mas ilustra a importância de fazer intervalos. Programe os intervalos do seu dia em uma frequência que faça sentido para você e defenda esse tempo. Pare entre as tarefas para descansar seu cérebro e prepare-se para o próximo item da lista. Isso significa sair da sua mesa para evitar voltar ao trabalho antes de estar pronto para recomeçar.

4. Trabalhe de maneira inteligente, e não por mais tempo

De acordo com um estudo da Universidade de Stanford, a produtividade despenca depois de uma semana de 50 horas de trabalho e praticamente não existe depois de 55 horas. Uma rotina de horas extras também está relacionada a índices mais altos de absenteísmo e turnover. Se você não consegue completar o trabalho necessário em menos de 50 horas, pode ser a hora de considerar uma gestão do tempo mais rígida, um treinamento para melhorias ou uma conversa com seu líder para entender a raiz do problema e criar uma estratégia para gerenciar melhor sua semana de trabalho e torná-la mais produtiva. Use as ferramentas de vendas disponíveis (CRM, software para relatórios, etc.) em vez de ficar tentando se lembrar de tudo isso. As ferramentas estão lá por um motivo. E quanto mais você as usar, mais produtivo você será.  

5. Coloque limites

Interações sociais no local de trabalho podem ter um impacto positivo, mas não quando se tornam distrações. Solicitações urgentes também podem roubar um tempo precioso. Estabeleça limites para definir quando não é um problema ser interrompido e quando você precisa estar focado. Se você tem uma sala, pode ser tão simples como fechar a porta em certos momentos do dia. Em um escritório aberto, use indicadores como fones de ouvido ou um aviso de que você não quer ser interrompido e defina horários para os momentos em que as interações com outras pessoas são bem-vindas. Se você for interrompido e a questão não for realmente urgente, agende um horário para discutir o assunto e volte para a tarefa já programada. Os colegas de trabalho acabarão adequando os comportamentos deles de acordo com as suas indicações.

6. Concentre-se nos seus pontos fracos

Ao tentar melhorar na gestão do tempo, identifique as áreas nas quais você precisa melhorar e foque nesse aprimoramento. Por exemplo: se você é ruim em fazer intervalos, coloque um alarme. Se gosta de socializar no trabalho, faça isso apenas durante os intervalos ou agende um café com um colega em vez de começar uma conversa improvisada. Ao melhorar seus pontos fracos, você se torna um profissional de vendas mais completo, que consegue gerenciar prioridades, atender (e superar) as necessidades dos clientes e trabalhar de maneira produtiva para conquistar os resultados necessários.

Desenvolver novos hábitos para controlar seu tempo exige um certo esforço inicial, mas, quando esses hábitos se tornam naturais, você fica menos estressado e mais produtivo e, finalmente, consegue melhores números de vendas.

New call-to-action

Lorem Ipsum

more information

Get Your Guide

0 Comentários Seja o primeiro a comentar!